Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010

Nau da Esperança

Nau da Esperança

 

De longe venho

Por países distantes naveguei

Tenho tudo gravado

Por onde passei

Passei tudo a pente fino

Aquilo que semeei 

Tentei dar amor

Que nunca encontrei

Apaixonei-me por uma donzela

Acho que errei

Foi donzela errada

Aquela que conquistei

Fez-me passar

O cabo das tormentas

Quase naufraguei

Minha nau era forte

E contra corrente lutou

Amansou a tempestade

Aquela que se gerou

Mudou de rumos

Em outro oceano navegou

Navegava triste e melancólica

Sem forças para viagem

Não deslumbrava nada

Daquilo que o mar transformava

Foi uma experiencia

Que não contou para nada

Era igual a sabedoria catapultada

São amores que ficam no cais

Esperando por nova arribada

Vai viver de promessas

Das mesmas que não servem de nada

Quero uma nau alegre

Com um porão

Cheio de esperança

Quero dobrar novamente

O cabo de boa esperança…

Jimmy Marinheiro     

 

 

sinto-me: contador de historias
música: do mar
publicado por marinheirojimmy às 18:46
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Alzira Macedo a 4 de Fevereiro de 2010 às 10:04
Oi Jimmy o parte coraçoes...

Hummm... Amigo que posso eu pensar deste lindo poema...

Palavras ou amores de marinheiro,
não se pode acreditar por enteiro...
Quanta lágrima de sereia ficou no mar
Em cada cais, uma donzela a esperar
Pelo regresso, de quem foi sem voltar
Marinheiro de amores
De paixões
De conquistas
Lançando a rede da ilusão
Do sonho
E realização
Recolhes a entrega
De corpo a corpo
do desejo de pertencer
nem que seja por uma noite
de luar em pleno mar
de longe vens
para longe vais
navegando de cais em cais
de coração em coração
tentas-te dar amor
não é o suficiente
faltou-te o doar de alma e coração
quase naufragas-te
e noutro oceano entras-te
triste melancólico
sentes o cheiro da esperança
em cada milha
em cada costa
queres assentar chão
despe-te de ilusão
de ser parte coração
do marinheiro vagabundo
veste o manto da lealdade
acalenta essa afinidade
de amar de verdade


Ups... Desculpa deixei-me navegar no teu mar
e na fama que os marinheiros tem ahahahah
Corresponde á verdade nino ou não...
Vã lá nao sejas corte...
È dessa forma que se vive no mar...
Mesmo assim sendo és o meu marinheiro preferido...
Beijocas doces até breve...
Lindo o teu escrever gosto ...


De LR a 23 de Fevereiro de 2010 às 11:50
Bonito poema, ...as experiencias contam sempre, vincam os melhores sentimentos da alma...e, a boa esperança submerge.

Vai em frente!

Bj.
LoveRight


Comentar post

.mais sobre mim

.Arte de Marinheiro







.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Quadros em alto relevo do...

. porta-chaves de arte de m...

. Arte de marinheiro em alt...

. Artista & Pescador

. Acessórios de Moda-Nós de...

. Assim se faz no mar do No...

. Pescadores precisam-se.

. Oferta de Emprego para Ma...

. Sailing in the seas of In...

. DIA DA MARINHA, PORTUGUES...

.arquivos

. Maio 2018

. Abril 2018

. Outubro 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009