Quinta-feira, 14 de Julho de 2011

Acorrentado

Acorrentado estou.

Como se de uma ancora se trata-se

De baixo de pressão

Tento não deixar fugir a vida pelas mãos

Move-me mas não ando

Mexo-me mas não me liberto

Nunca esteve ocupado para nascer

Jamais estarei escondido para morrer

Sofro e não ajudo

Batalho mas não consigo libertar-me

Que correntes pesadas,

Deste meu viver

Queria mais poder

Para te socorrer

Sinto por ti

Sinto por mim

Este fardo de correntes

No meu corpo acorrentado

Acorrentado!

Estou a vida

A ti

Ao amor

E aos meus sonhos

E aos meus pesadelos

Com estás correntes

Estarei acorrentado…

 

Autor-Jimmy o Pescador

 

publicado por marinheirojimmy às 13:34
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Rosinda a 15 de Julho de 2011 às 18:56
Olá Marinheiro!
Já não vinha aqui à um tempo...
Gostei do poema, embora triste.
Sabes amigo todos nós temos nossas correntes, por vezes quizera ter força para quebrar as minhas, mas lá as vou arrastando. Porque se me liberar destas, arranjo outras. É assim o ser humano, que brada por uma liberdade que nunca consegue ter.
Espero que as tuas se transformem e, em vez de ferro que sejam correntes de luz, para iluminar o teu caminho e a tua vida.
Um grande abraço
Rosinda


De maripossa a 17 de Julho de 2011 às 20:55
Olá amigo. De retorno aqui leio um poema triste e com correntes, estas não são de um "marinheiro"mas as correntes sempre existem, umas vezes na alma, no corpo e pensamento, se calhar esta última é a pior, que atormenta e não nos livramos delas. Tenta soltar as tuas nas marés da esperança e que elas sejam de fé e luz.
Beijinho de amizade


De Alzira Macedo a 20 de Julho de 2011 às 09:20
Oi Jimmy....

De retorno estou e espero para ficar neste cantinho onde as emocoes sao mais forte do que qualquer corrente...
Talvez seja sadica mas gostei do teu poema....
Gostei de te saber acorrentado á vida, aos teus sonhos e ao amor...
Acredita que correntes melhores nao existem...
Sao pesadas essas correntes, é para sentires a forca que o amor tem, é assim que penso e sinto....
Parabens por este excelente poema adorei....
bjs


Comentar post

.mais sobre mim

.Arte de Marinheiro







.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Quadros em alto relevo do...

. porta-chaves de arte de m...

. Arte de marinheiro em alt...

. Artista & Pescador

. Acessórios de Moda-Nós de...

. Assim se faz no mar do No...

. Pescadores precisam-se.

. Oferta de Emprego para Ma...

. Sailing in the seas of In...

. DIA DA MARINHA, PORTUGUES...

.arquivos

. Maio 2018

. Abril 2018

. Outubro 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009