Sábado, 1 de Maio de 2010

Naufragio–Sentimento-Dor

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Naufrágio, sentimento de dor…

Neste momento de dor, vivo a perda de dois companheiros do nosso mar…
Com todo o respeito pela família, decidi escrever este poste para alertar certas situações perigosas, a quem anda por esses mares…
Aproveito no entanto o momento para lhes enviar os meus pesamos…
Sendo eu próprio marinheiro…

Estou triste, desolado pelo acontecimento aqui na nossa costa…
Mas porquê? Pergunto eu!
Dois irmãos… Jovens, cheios de vida deixaram rebentos que sentirão a falta deles.
No sustento, na educação, na partilha do dia a dia…
Perderam a vida neste lindo lugar piscatório chamado “CAXINAS”
Vila Do Conde
Onde os meios de sobrevivência, são a pesca. (Ou seja, o que dela resta)
Esta triste realidade…
Que acontece com muita frequência ao longo do ano…

Como podemos, por fim a estes naufrágios?
Que tanto nos magoa a alma e nos põem á prova a capacidade de aguentar tanto sofrimento.
Sentimos revolta por os ver partir, esses homens novos que labutam, para um futuro melhor para seus filhos…
Dia a pós dia, sol após sol, lá vai o homem para o mar sem saber se irá regressar…
Ninguém os protege, ninguém se preocupa com eles…
Gente humilde e nobre, filhos da terra essa que é as CAXINAS…
Não é com missas, nem choros, nem lamentações, nem bons discursos que se impede esta catástrofe de naufrágios…
Não é pagarem um lindo jazigo (a ultima morada de mais um pescador)
que se melhora a situação de segurança no nosso mar…
Sabem porquê?
Porque nossos políticos adormecem, sem nada fazer…
Nossos governantes fecham os olhos a toda estas tragédias…
O Ex. Sr. Ministro das Pescas.
Tem de se preocupar mais com o posto que ocupa e o que pode fazer pela segurança dos pescadores.
De uma vida depende muitas vidas…
Esta é a nossa triste realidade, que está alheia a outras realidades.
Será necessário perder ainda mais vidas, para se por fim a esta calamidade?
Não devíamos já ter posto mãos á obra?
A dor pode amortecer com o tempo…
Mas a cicatriz essa perdura para a eternidade.  Ainda hoje no meu passeio matinal quando estou em terra, ia observando a costa nortenha.
Vi um barco a navegar entre os molhos do porto da Povoa de Varzim…
Como a foto ilustra mais abaixo…
A lancha Poveira e sua tripulação…
Pode tristemente, observar que nenhum deles usa colete salva-vidas…
E depois as coisas acontecem infelizmente…
Mais uma vez me pergunto porquê?
Por desconhecimento, ou por falta de métodos…
Ou mesmo de algum orgulho próprio de arriscarem…

Sendo realista, sabemos que sem coletes salva vidas as hipóteses de salvamento são mínimas.
Já que com o colete 95% de vidas podem ser salvas…
È neste sentido que escrevi este poste…
Desculpem o meu desabafo, um grito de dor pela perda…
E ao mesmo tempo um grito de alerta…
Infelizmente vejo e noto no meu País uma grande falta de segurança…



Jimmy o marinheiro…

 

 

publicado por marinheirojimmy às 14:22
link do post | comentar | favorito
12 comentários:
De rodrigando a 2 de Maio de 2010 às 16:12
Jimmy e este ano quantos foram já?
O pescador, tal como a maioria dos outros trabalhadores, facilita muito!
Usarem as protecções é, para alguns, coisa de "meninas".
O pior é que se esquecem que quando os acidentes acontecem quem cá fica sofre e as companhias de seguro aproveitam-se de todos os pormenores para não pagarem as indemnizações.
É mesmo necessária uma fiscalização mais apertada para nosso próprio bem.
E o mar então merece todo o respeito mas é,como todos sabemos, traiçoeiro.
Os dois irmãos, segundo as noticias ,usavam os coletes mas estes rebentaram com as pancadas que sofreram.
Comungo consigo e com as famílias este sentimento de perda e de dor.
Felizmente já não tenho família no mar mas ainda por lá andam alguns amigos e sempre que há temporal na Costa Alentejana não descanso enquanto não há noticias.
Um abraço


De marinheirojimmy a 2 de Maio de 2010 às 19:21
Olá amiga Rodrigando , bem vinda a este cantinho do marinheiro Jimmy
Desde já um muito obrigado pelo seu comentário, que me fez sentir algo lindo dentro de mim como uma força de verdade e suporte de uma verdade que os nossos governantes não querem ver, e amiga tem muita razão quando diz que tem de haver uma fiscalização muito mais apertada, não só para o mar como para todas as profissões em Portugal,
Ainda digo a uns anos atrás e fez um curso em Lisboa e fiquei o mau da fita porque reclamei contra a maneira como estavam a dar as matérias, porque o material não estava em condições para se praticar o curso, que eles disseram foi que não tinham posses e recursos, eles disseram que ali estavam a tentar fazer o seu melhor com o material que tinham e eu disse quem não pode ter navios que compra-se uma canoa.
Porque uma pessoa formada pode salvar sua própria vida como as dos seus companheiros
Está a minha maneira de ver, porque eu tenho feito cursos aqui em Portugal e no estrangeiro e noto muita diferença.
Sim concordo que tem de haver mais fiscalização, para salvarmos mais vidas porque toda segurança é pouca.
Porque há mar e mar a ir e voltar…
Obrigado volta sempre e desejo-te muita felicidade e saúde
Jimmy o Marinheiro


De rodrigando a 2 de Maio de 2010 às 20:59
Costumo visitá-lo ainda que nem sempre comente.
Concordo consigo quando se dá Cursos de Formação tem de se ter materiais com um minimo de qualidade.
Mas se há tanta gente a "comer" é natural que o dinheiro não chegue para o essencial.
Daí, nada mais nos resta senão protestar.
Um bom fim de semana.
Um abraço.Adélia


De marinheirojimmy a 2 de Maio de 2010 às 23:22
Olá amiga Rodrigando, boa noite
obrigado pelas suas sinceras palavras, eu também tenho estado afastado um pouco dos meus blogs, por motivos de tempo e da net,
ainda bem que vê o lado razão e entende muito bem aquilo que eu tentei dizer, e por falar em comer eu nem vou falar disso neste momento, mas amiga tem toda razão.
Sim só nos resta senão protestar e alertar.
Um beijinho e muita felicidade ao seu redor, e para o resto de família.
Jimmy Marinheiro


De Alzira Macedo a 2 de Maio de 2010 às 20:04
Olá amigo marinheiro.

Imagino a dor não só pela perda destes pescadores, como por outros tantos…
Assim como a revolta que tens pela falta de segurança e controle neste trabalho e infelizmente em tantos outros….
Nosso País não está civilizado ao ponto de dar saída aos pedidos de normas a recorrer nesse sentido…
Nossos políticos preferem passar os dias deles a desafiarem-se e maltratarem-se no parlamento…
Deixando assuntos importantes a tratar…
Dou-te os meus parabéns pela tua coragem ao escrever este poste…
Infelizmente não chegará ao lugar certo….
As pessoas certas certamente não o lerão…
Mas aqui fica um hino de quem percebe todo o envolvimento que necessita um emprego como o do pescador…
Se estás no estrangeiro a trabalhar deixa-te estar, pois aqui é uma desgraça e vai continuar a ser…
Nosso povo é muito pequeno de mentalidade…
Ainda vou mais longe…
È estúpido por natureza, porque não aceitam as informações, os avisos…
Não sabem e não querem saber…
Na realidade todo o cuidado é pouco e quando corremos riscos desnecessários não podemos nos queixar…
Já chega quando a desgraça nos bate á porta...
Nunca devemos a procurar...
Depois do mal estar feito já não há solução…
Tem cuidado contigo, e nunca te esqueças que não acontecem somente aos outros…
Um beijo para ti e desculpa esta minha sinceridade…


De marinheirojimmy a 3 de Maio de 2010 às 01:10
Olá amiga Alzira
Bom dia, bem-vinda ao meu Cantinho de marinheiro e do mar
Sim amiga a dor é constante de dia a dia ver os amigos a partirem
Sem ninguém falar por eles, é triste porque não será honesto tanta dor
Ao redor deste lugar chamado caxinas.
É como tu o dizes e bem os nossos políticos os dias nas ondas deles
E o resto é esquecido, porque a dor essa não lhes passa pelas veias do seu próprio sangue
Sim amiga aqui ainda a pouco tempo o Ex. Mo Sr. Presidente da Republica dizia que o mar estava cheio de recursos, mas não mencionou qual deles?
Porque só não vê quem não quer.
Porque todo cuidado é pouco, e perdendo uma vida acaba com muitas outras.
Obrigado pelas tuas amáveis palavras e verdadeiras sentidas como uma voz que se levanta pelo marinheiro e pescador.
Em meu nome e todos os outros muito obrigado.
Te envio um abraço e muita felicidade em teu coração
Jimmy o marinheiro


De Rosinda a 3 de Maio de 2010 às 16:11
Olá Marinheiro!
Muito bem escrito este post e muito oportuno... Parabéns!
É triste ver acontecer vezes demais situações iguais.
Talvez se pudesse fazer quaquer coisa, não sei. Mas se como tu mesmo dizes e mostras pescadores sem colete... porque será que não aprendem com os ezemplos dos outros? É de lamentar!
Tem cuidado contigo Marinheiro!
Um abraço


De marinheirojimmy a 3 de Maio de 2010 às 19:12
olá Amiga Rosinda
boa tarde bem vinda a este cantinho do marinheiro
sim está bem escrito , e so desejava que alguem do alto conseguisse ler este poste para se ajudar mais vida,porque onde eu trabalho se eu me esquecer de ter as roupas de trabalho e ter algum acidente fico por minha conta e aqui ninguem quer saber, não o mar não tem culpa, a culpa tem quem nele navega nele . e as nossas autoridades.
beijinho
e obrigado por o teu parecer.
Jimmy o marinheiro


De maripossa a 3 de Maio de 2010 às 22:45
Olá Jimmy ! A vida do mar é muito traiçoeira, nem sempre os homens que a fazem conseguem vencer a força dele. As pessoas de Vila do Conde, Povoa do Varzim, Peniche,este ano tiveram grandes desgostos. Como amante do mar e tudo que dele provém, tenho grande admiração com os homens que fazem do mar o seu pão. As minhas desculpas, por não ter comentado ultimamente, motivos profissionais e com pouco tempo. Gostei das tuas fotos, lindíssimas .
Beijinho e boa semana Lisa


De marinheirojimmy a 4 de Maio de 2010 às 10:46
olá amiga Ilsa,
bem vinda ao meu espaço,neste momento de dor e sentimento porque está sempre acontecer,sim a vida no mar é traiçoeira temos de ter o maximo cuidado com calma ou com tempestade os cuidados tem de ser renovados,eu como marinheiro,quando estás coisas acontecem mexe muito comigo,porque é uma morte horrivel,por isso mesmo construi este blog para falar um pouco do mar,e dar a conhecer algo que muita gente não sabe,e para tentar esclarecer algo que se passe sobre o mar,porque é horrivel imaginar estás percas de pais de familia lutando pela vida, para conseguirem o sustento e no fim perdem sua propria vida,obrigada volta sempre é para vocês que eu escrevo,
beijinho amiga
Jimmy Marinheiro


De LR a 5 de Maio de 2010 às 15:08
Olá, amigo
Palavras...já tudo foi dito!
A vida é dura e o homem nada vale na imensidão de Deus.

Deixo um poema de:Sebastião da Gama

OS QUE VINHAM DA DOR

Os que vinham da Dor tinham nos olhos
estampadas verdades crudelíssimas.
Tudo que era difícil era fácil
aos que vinham da Dor diretamente.


A flor só era bela na raiz,
o Mar só era belo nos naufrágios,
as mãos só eram belas se enrugadas,
aos olhos sabedores e vividos
dos que vinham da Dor diretamente.

Os que vinham da Dor diretamente
eram nobres de mais pra desprezar-vos,
Mar azul!, mãos de lírio!, lírios puros!
Mas nos seus olhos graves só cabiam
as verdades humanas crudelíssimas
que traziam da Dor diretamente.


Abraço

LoveRight


De marinheirojimmy a 6 de Maio de 2010 às 10:44
olá amiga loveright
bom dia amiga,gostei das tuas palavras, e este poema que diz toda verdade nele traduz no andamento dos problemas dos homens do mar, só quando acontecer algo de estrandoço é que irão começar a fazer algo positivo.
beijinho e volta sempre
Jimmy Marinheiro


Comentar post

.mais sobre mim

.Arte de Marinheiro







.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Quadros em alto relevo do...

. porta-chaves de arte de m...

. Arte de marinheiro em alt...

. Artista & Pescador

. Acessórios de Moda-Nós de...

. Assim se faz no mar do No...

. Pescadores precisam-se.

. Oferta de Emprego para Ma...

. Sailing in the seas of In...

. DIA DA MARINHA, PORTUGUES...

.arquivos

. Maio 2018

. Abril 2018

. Outubro 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009