Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2015

Pescadores e Marinheiros em luto Por Caxinas

pescadores de luto.jpg

 

Até quando vamos deixar isto acontecer?

Até quando vamos perder nossos amigos ?

Até quando alguem sem intresse de ficar famosso na telivisão , vai fazer alguma coisa

Até quando alguem ganha coragem e dá um passo em frente ?

Até quando  vamos enfrentar a realidade e votar.um ponto final ?

chega vamos seguir em frente para a realidade, e votar um ponto final no Luto das Caxinas. 

eu estou de Luto . 

Jimmy o Marinheiro 

publicado por marinheirojimmy às 14:47
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Setembro de 2014

Acidente entre dois navios e carga de contentores, no canal Suez.

<

publicado por marinheirojimmy às 15:08
link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Abril de 2014

Luto Nas Caxinas

 

 

Mais uma vez a morte bateu a porta das caxinas.

Até quando vai ser assim, quando é que alguem vai fazer algo para parar estes acidentes...

 

No Meu LUTO um poema.

 

De LR
"Linha", gostei 
 
Ontem passei a ouvir,
o que o mar dizia....
Passei o Dia Ouvindo o que o Mar Dizia
Eu hontem passei o dia
Ouvindo o que o mar dizia.
Chorámos, rimos, cantámos.
Fallou-me do seu destino,
Do seu fado...
Depois, para se alegrar,
Ergueu-se, e bailando, e rindo, Poz-se a cantar
Um canto molhádo e lindo.
O seu halito perfuma,
E o seu perfume faz mal!
Deserto de aguas sem fim.
Ó sepultura da minha raça
Quando me guardas a mim?...
Elle afastou-se calado;
Eu afastei-me mais triste,
Mais doente, mais cansado...
Ao longe o Sol na agonia
De rôxo as aguas tingia.
«Voz do mar, mysteriosa;
Voz do amôr e da verdade! -
Ó voz moribunda e dôce
Da minha grande Saudade!
Voz amarga de quem fica,
Trémula voz de quem parte...» . . . . . . . . . . . . . . . .
E os poetas a cantar
São echos da voz do mar!

António Botto, in 'Canções'
Os meus Sentimentos as Familias, e paz as vossas Almas,amigos
deste Marinheiro do mar.
publicado por marinheirojimmy às 12:07
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 6 de Outubro de 2010

De Luto.CAXINAS e Eu

Noticia recolhida da net do Jornal Digital.

Caxinas: Cinco pescadores morrem em brutal acidente de viação

Valença - Cinco pescadores das Caxinas, Vila do Conde, com idades compreendidas entre os 25 e 45 anos, morreram ontem ao regressar do Porto de Vigo, na Galiza, num violento acidente de viação, na Estrada Nacional 13 (EN13), em Valença. Segundo fonte dos bombeiros locais a carrinha de nove lugares ficou completamente desfeita e ficaram ainda feridos quatro passageiros.

Cinco pescadores das Caxinas com idades entre os 25 e os 50 anos morreram ontem num acidente de viação quando regressavam a casa, vindo do Porto de Vigo, na Galiza, depois de terem descarregado o Fascínios do Mar. A embarcação tinha acostado no sábado passado, cheia de espadarte, da faina de 15 dias nos mares dos Açores.

Do acidente resultaram ainda quatro feridos, José Marques Filipe, de 50 anos, foi transportado pelo helicóptero do INEM para o Hospital de São Marcos em Braga, com um «traumatismo craniano» e está «em estado reservado», conforme avançou fonte hospitalar. Natália Vianez Correia, esposa do condutor e dono da embarcação, que foi transferida para os cuidados intensivos do Hospital de Pedro Hispano, no Porto com múltiplos traumatismos.

Ainda hospitalizadas, estão dois feridos ligeiros que foram transferidos para o hospital da Póvoa de Varzim para vigilância. José Moreira, condutor e proprietário da embarcação de pesca, de 45 anos, e Cláudio Santos Cruz, de 56, sofreu fractura do membro inferior.

Segundo fonte da GNR que não assegura as causas do acidente, admitiu que o excesso de velocidade poderá ter estado na origem da colisão face à «extrema violência» que o veículo foi embater na parte lateral de um camião que estava estacionado na berma da estrada e que «ainda se deslocou uns metros».

O grupo que seguia na embarcação Fascínios do Mar era sempre o mesmo, saíram das Caxinas às 22.00 de segunda-feira e ontem regressavam, a contar ainda almoçar em casa. Uma das vítimas, José Manuel sobreviveu a um naufrágio há alguns anos, e tinha prometido á mãe que ia deixar a vida de pescador.

No acidente morreram José Manuel Gavina, de 33 anos, José Manuel Santos, de 34, Albertino Pinto (primo do mestre), de 37, Manuel Maravalhas, de 40, e Manuel Agonia Regufe, de 42 anos, tio de José Manuel

publicado por marinheirojimmy às 12:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.Arte de Marinheiro







.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Pescadores e Marinheiros ...

. Acidente entre dois navio...

. Luto Nas Caxinas

. De Luto.CAXINAS e Eu

.arquivos

. Maio 2018

. Abril 2018

. Outubro 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009