Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2015

Poema do Sr,Fachada,

10624659_608899605923414_8749645776542624666_n.jpg

 

Pesca de bacalhau

No cais uma criança
Agarrada a sua mãe
Que dizia com esperança:
-Vai, amor e volta em bem.

Ao mesmo tempo acenava
Ao navio que já partia
E em mim que isto olhava,
Também a alma doía.

-Mãe, o papá pra onde vai?
Pergunta triste o infante.
-Vai à pesca do bacalhau
Para uma terra distante.

Senti penas desgraçadas...
Porém tive eu que rir
A bandeiras despregadas
Com o que se deu a seguir.

O petiz pergunta à mãe:
-Porque não vem com a gente?
Ele podia muito bem
Ir comprá-lo ao Continente.

Fachad

publicado por marinheirojimmy às 17:22
link do post | comentar | favorito
Domingo, 8 de Fevereiro de 2015

Bênção dos Navios Bacalhoeiros , Tejo

benção dos bacalhoeiros.jpg

 

a Bênção antes da partida dos navios bacalhoeiros perto do forte S.João-TEJO- Lisboa  

publicado por marinheirojimmy às 16:15
link do post | comentar | favorito
Domingo, 10 de Agosto de 2014

NUEVO ENFOKE,SPAIN ,SENHORA DEL CARMEM

publicado por marinheirojimmy às 12:45
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Março de 2013

Sobrevivente de naufrágio recebido com emoção na Terceira

Um dos quatro tripulantes do barco "Gracilaria", que naufragou ao largo  de São Jorge, nos Açores, chegou esta noite são e salvo a casa. Os outros três  pescadores continuam desaparecidos. As buscas serão retomadas esta  terça-feira.

 

 

Paulo Jorge Silveira chegou ao início da noite ao porto de São  Mateus da Calheta, na Terceira, e foi recebido com comoção pelos familiares,  amigos e gentes da terra que o aguardavam ansiosamente depois do infortúnio que  se abateu sobre o "Gracilaria", que deixou três pescadores desaparecidos.

Proveniente desta ilha dos Açores, o barco afundou-se no   domingo à noite com quatro tripulantes a bordo. Apenas um seria  encontrado esta  tarde,  com vida e  consciente, junto de destroços.

"Um sobrevivente foi resgatado às 12h30 (13h30 em Lisboa) pela  embarcação de pesca "Prancha", que emitiu o alerta às 12h09, relatou ao Expresso  o Tenente Carlos Oliveira do Centro Coordenador de Busca e Salvamento Marítimo  (MRCC) de Ponta Delgada, em São Miguel.

O naufrágio ocorreu a cerca de três milhas do farol de São  Jorge, adiantou, por sua vez, o Tenente Martins, adjunto do capitão do porto da  Horta.

As buscas pelos outros três tripulantes ficaram suspensas ao  anoitecer, já passavam das 19h locais, devido à reduzida visibilidade, de acordo  com o MRCC Delgada. À mesma hora, Paulo Jorge Silveira pisava finalmente terra  firme e seguiria para o hospital, depois de ter sido transportado pelo barco  "Prancha", que o salvou e esteve também envolvido nas operações.

Além desta embarcação de pesca, foram mobilizados para o local  um helicóptero EH101, um avião da força aérea C295, uma lancha do  Instituto de  Socorros a Náufragos e uma corveta da Marinha.

O Expresso apurou que entre os desaparecidos encontra-se o  proprietário do "Gracilaria", residente também em São Mateus da Calheta.

A Junta de Freguesia referiu ao Expresso que acompanha com  "grande consternação" a situação, esperando que "não se façam juízos de valor,  pois as pessoas não vão para o mar de ânimo leve".

As autoridades preveem retomar as buscas a partir das 6h desta  terça-feira.

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/sobrevivente-de-naufragio-recebido-com-emocao-na-terceira=f792796#ixzz2NIceacj9

 

publicado por marinheirojimmy às 04:53
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Dezembro de 2011

Virgem do sameiro

publicado por marinheirojimmy às 21:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 13 de Outubro de 2011

Com vista para o mar

 

 

 

Com vista para o mar

Foi minha despedida

Meus olhos molhados

Neles tu navegavas

Entre o pensamento

 E a solidão

Perdido na imensidão

Do oceano percorrido

Navegava eu com sentido

Dos meus sentimentos

Enfadados na tristeza

Do amor

Sim ai estava o enredo

Da solidão

Do mar percorrido

Deixava de ser colorido

Sem sabor e sem colorido

Ao sabor do vento

E do pensamento

Navegava solitariamente

Mas porque me tinha despedido

Na minha partida

Quando ao teu lado podia estar

Porque fugia

Em vez de te amar

E em voz alta gritar

Não quero partir

Mas sim, ao teu lado estar

Porque o meu amor

É grande e quero continuar

Amar...

 

 

publicado por marinheirojimmy às 23:23
link do post | comentar | favorito
Sábado, 1 de Maio de 2010

Naufragio–Sentimento-Dor

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Naufrágio, sentimento de dor…

Neste momento de dor, vivo a perda de dois companheiros do nosso mar…
Com todo o respeito pela família, decidi escrever este poste para alertar certas situações perigosas, a quem anda por esses mares…
Aproveito no entanto o momento para lhes enviar os meus pesamos…
Sendo eu próprio marinheiro…

Estou triste, desolado pelo acontecimento aqui na nossa costa…
Mas porquê? Pergunto eu!
Dois irmãos… Jovens, cheios de vida deixaram rebentos que sentirão a falta deles.
No sustento, na educação, na partilha do dia a dia…
Perderam a vida neste lindo lugar piscatório chamado “CAXINAS”
Vila Do Conde
Onde os meios de sobrevivência, são a pesca. (Ou seja, o que dela resta)
Esta triste realidade…
Que acontece com muita frequência ao longo do ano…

Como podemos, por fim a estes naufrágios?
Que tanto nos magoa a alma e nos põem á prova a capacidade de aguentar tanto sofrimento.
Sentimos revolta por os ver partir, esses homens novos que labutam, para um futuro melhor para seus filhos…
Dia a pós dia, sol após sol, lá vai o homem para o mar sem saber se irá regressar…
Ninguém os protege, ninguém se preocupa com eles…
Gente humilde e nobre, filhos da terra essa que é as CAXINAS…
Não é com missas, nem choros, nem lamentações, nem bons discursos que se impede esta catástrofe de naufrágios…
Não é pagarem um lindo jazigo (a ultima morada de mais um pescador)
que se melhora a situação de segurança no nosso mar…
Sabem porquê?
Porque nossos políticos adormecem, sem nada fazer…
Nossos governantes fecham os olhos a toda estas tragédias…
O Ex. Sr. Ministro das Pescas.
Tem de se preocupar mais com o posto que ocupa e o que pode fazer pela segurança dos pescadores.
De uma vida depende muitas vidas…
Esta é a nossa triste realidade, que está alheia a outras realidades.
Será necessário perder ainda mais vidas, para se por fim a esta calamidade?
Não devíamos já ter posto mãos á obra?
A dor pode amortecer com o tempo…
Mas a cicatriz essa perdura para a eternidade.  Ainda hoje no meu passeio matinal quando estou em terra, ia observando a costa nortenha.
Vi um barco a navegar entre os molhos do porto da Povoa de Varzim…
Como a foto ilustra mais abaixo…
A lancha Poveira e sua tripulação…
Pode tristemente, observar que nenhum deles usa colete salva-vidas…
E depois as coisas acontecem infelizmente…
Mais uma vez me pergunto porquê?
Por desconhecimento, ou por falta de métodos…
Ou mesmo de algum orgulho próprio de arriscarem…

Sendo realista, sabemos que sem coletes salva vidas as hipóteses de salvamento são mínimas.
Já que com o colete 95% de vidas podem ser salvas…
È neste sentido que escrevi este poste…
Desculpem o meu desabafo, um grito de dor pela perda…
E ao mesmo tempo um grito de alerta…
Infelizmente vejo e noto no meu País uma grande falta de segurança…



Jimmy o marinheiro…

 

 

publicado por marinheirojimmy às 14:22
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito

.mais sobre mim

.Arte de Marinheiro







.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Contador de visitas

page visitor counter
who is online counter blog counter

.posts recentes

. Poema do Sr,Fachada,

. Bênção dos Navios Bacalho...

. NUEVO ENFOKE,SPAIN ,SENHO...

. Sobrevivente de naufrágio...

. Virgem do sameiro

. Com vista para o mar

. Naufragio–Sentimento-Dor ...

.arquivos

. Maio 2018

. Abril 2018

. Outubro 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

.Contador